Resposta da Unimed referente ao reajuste no plano de saúde é de 11%

107

Após a reunião geral que ocorreu em 27/02/2024 no auditório da Ematerce, com a presença da diretoria, associados da Assema e representantes da Unimed Ceará, foi apresentada uma proposta entre os empregados públicos da Ematerce do aumento ser de 9,63%, como também alguns pontos foram levantados:

Inicialmente, a Unimed Ceará sugeriu um aumento de 19,24%, com base na sinistralidade acima da meta contratual de 70% e no índice dos últimos 12 meses, que foi de 83,47%. Após a recusa dos usuários, várias discussões e reuniões com a diretoria da Assema foram feitas, a Unimed Ceará propôs inicialmente um aumento de 14,44% que não foi aceita pela categoria. Conforme explanação da Unimed, nos anos de 2022 e 2023, os aumentos aplicados ao contrato foram inferiores aos percentuais solicitados pela Unimed Ceará, demonstrando a flexibilidade da operadora em atender às demandas da Assema.
A empresa Salutis Consultoria Atuarial, responsável pelos estudos atuariais da Unimed Ceará, prevê um aumento nos custos assistenciais entre 12% e 14% nos próximos 12 meses. Em resposta a diretoria da Assema mencionou que os salários dos servidores da Ematerce não estão sendo ajustados o suficiente para cobrir os aumentos nos custos com plano de saúde, educação, alimentação, entre outros, o que pode levar à exclusão de beneficiários do contrato e reforçou em reunião que é essencial buscar o equilíbrio operacional do contrato para garantir que a Unimed Ceará consiga atender às demandas e lidar com o aumento dos custos assistenciais dos clientes da Assema.

“Diante dessas considerações, não podemos aceitar o aumento de 9,63% proposto na reunião geral. No entanto, reduzimos nossa proposta para um aumento mínimo de 11% a partir de abril de 2024.” Reafirmaram os gestores da Unimed.

A proposta de aumento foi discutida com cuidado e empatia por todos os presentes, levando em conta o cenário econômico atual. Após uma análise detalhada, foi alcançado um consenso de que, embora o percentual de aumento seja crucial para a sustentabilidade de nossa associação, também é fundamental garantir que os associados recebam um serviço de qualidade que atenda às suas necessidades de saúde.

Relatoria das negociações:

Proposta Final:

  • Reajuste de 11% a partir de abril de 2024.

Histórico das negociações:

  • Proposta inicial da Unimed: 19,24% (baseado na sinistralidade acima da meta e índice dos últimos 12 meses).
  • Proposta intermediária: 14,44% (recusada pela categoria).
  • Proposta final: 11% (aceita pela Assema).

Argumentos da Unimed:

  • Aumento nos custos assistenciais previsto entre 12% e 14% nos próximos 12 meses.
  • Flexibilidade da Unimed em atender às demandas da Assema em anos anteriores.

Conclusão da Unimed

  • Aumento de 11% visa garantir a sustentabilidade do contrato e a qualidade do serviço aos associados.

Pontos discutidos:

  • Aumento dos custos assistenciais: A Salutis Consultoria Atuarial prevê um aumento entre 12% e 14% nos próximos 12 meses. A Assema reconhece a necessidade de considerar este fator no cálculo do reajuste.
  • Salários dos servidores da Ematerce: A Assema também reconhece que os salários dos servidores não acompanham o ritmo dos aumentos nos custos com saúde, educação e outros itens essenciais. Isso pode levar à exclusão de beneficiários do plano, o que prejudicaria o equilíbrio do contrato.
  • Flexibilidade da Unimed Ceará: A Assema reconhece a flexibilidade da Unimed Ceará em negociar o reajuste e agradece a disposição da operadora em buscar um acordo.
  • Foi colocado em reunião que a Salutis Consultoria Atuarial, responsável pelos estudos atuariais da Unimed Ceará, prevê um aumento nos custos assistenciais entre 12% e 14% nos próximos 12 meses.
  • A Unimed Ceará demonstra flexibilidade em atender às demandas da Assema e ressaltou que: os aumentos nos anos de 2022 e 2023 inferiores aos percentuais solicitados.
  • A Assema reconhece que os salários dos servidores da Ematerce não estão sendo ajustados o suficiente para cobrir os aumentos nos custos com plano de saúde, educação, alimentação, entre outros, o que pode levar à exclusão de beneficiários do contrato.
  • A Unimed Ceará se compromete a continuar buscando o equilíbrio operacional do contrato para garantir que consiga atender às demandas e lidar com o aumento dos custos assistenciais dos clientes da Assema.

Informamos que a Assema-CE está à disposição para esclarecer qualquer dúvida sobre o reajuste. Os associados podem entrar em contato com a Assema por telefone, (85) 3223-5630, e-mail: wanessacanutto.jornalista@gmail.com ou WhatsApp (85) 99779-0103.